José Miguel Pinto

José Miguel Pinto (1988, Portugal) é arquitecto e produtor de obras de arte. É um dos elementos do GA estudio, dedicando-se à prática da arquitetura e a vários projectos artísticos, de investigação e ensino. Desde 2017 é diretor artístico da ArtWorks, organização dedicada à produção e fabricação de obras de arte e ao apoio às artes e à cultura.

Em 2013 recebeu o primeiro lugar no concurso de arquitectura Refugio de la Memória, projectando um memorial na cidade de Puerto Montt, Chile. Em 2019 venceu o concurso para o desenho do pavilhão do festival Walk&Talk’19 (Artworks + GA estudio). Outros dos projectos que realizou incluem o Pavilhão de Hélio - exposto na 16a Bienal de Arquitetura de Veneza através do prémio “YALA” e também no Arc Revê Centre d'Architecture em Bordeaux, França - ou projetos artísticos como Retina, apresentado em Santiago do Chile e no Porto.

Em 2017 é co-curador na exposição Still Cabanon, construindo um projeto expositivo onde participam vários arquitetos, artistas e ensaístas. Em 2018, através da ArtWorks, inicia um programa de Residências Artísticas - No Entulho - dirigido a jovens artistas, fazendo coabitar diversas áreas como as artes plásticas, a música,

o teatro, a literatura ou o cinema. Actualmente trabalha em Portugal, sempre numa estreita relação entre a arquitectura e a arte.