Egas José Vieira

Egas José Vieira (EJV) nasceu em Lisboa em 1962. É arquitecto pela FA/UTL desde 1985, vive e trabalha em Lisboa. Em 1990, criou com Manuel Graça Dias (MGD), o atelier MGD + EJV, Arquitectos - CONTEMPORÂNEA Lda. Entre 1989 e 1990 foi professor no IADE, entre 1997 e 2001 foi Professor Auxiliar Convidado da ESTGAD, Caldas da Rainha, sendo actualmente e desde 1998 Professor Auxiliar Convidado do DA/UAL.

Tem trabalhos construídos em Lisboa, Porto, Chaves, Ponte de Sôr, Portalegre, Grândola, Almada, Guimarães, Faro, Mirandela, Santarém, Vila Verde, Ponta Delgada, São Paulo, Madrid e Sevilha, que têm sido objecto de publicação na imprensa especializada e têm vindo a ser mostrados (desde 1985) em exposições colectivas e individuais. 

Em 1993 ganhou a Menção Honrosa do Prémio Municipal de Arquitectura - Ponte de Sôr (Casa junto à barragem de Montargil). Em 1999 ganhou, com MGD, o Prémio AICA/Ministério da Cultura (Arquitectura), relativo a 1999, pelo conjunto da sua obra. Em 2019 ganhou, com MGD, o Prémio Nacional de Recuperação Urbana (PNRU), na categoria Impacto Social e ainda na categoria Melhor Projecto de Recuperação - Cidade de Lisboa com o projecto do Teatro Luís de Camões.